Uma história de 18 anos de sucesso define a Strategy

Soluções inovadoras, expertise e atendimento personalizados são os diferenciais que levam seus cliente a resultados positivos.

Últimas Notícias

22 Jan

Apostas para 2018 – 7 tendencias em Planejamento Estrategico

Sabemos que 2018 será mais do que um ano de grandes mudanças, será um ano de superação. Ferramentas como o Planejamento Estratégico serão fundamentais especialmente para os sistemas de saúde, que por conta de sua complexidade, demandam atenção antecipada aos desafios do futuro. Para 2018, acredito que esses 7 temas terão forte presença nessas discussões.

22 Jan

Obesidade atinge 1 a cada 6 beneficiários de planos de saúde

A cada 6 beneficiários de planos de saúde, 1 é obeso. De acordo com o Vigitel Saúde Suplementar, em 2016, 17,7% dos brasileiros com plano de saúde eram obesos, ou seja, apresentaram índice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30kg/m². A prevalência da condição é maior entre os homens que contam com o benefício do que entre as mulheres. No total, 18,7% dos homens beneficiários de plano de saúde estão obesos enquanto, entre as mulheres, a proporção é de 17%.

19 Jan

Gestão do Corpo Clínico, desempenho hospitalar, e a difícil tarefa de enxergar além

Com frequência tenho insistido na tese de que a Gestão do Corpo Clínico é a mola propulsora mais poderosa para a obtenção dos resultados operacionais que toda a organização de saúde sonha em ter. É uma tese porque é apenas uma proposição intelectual, uma ponderação crítica, carecendo, portanto, de elementos comprobatórios de sua validade até que seja testada na prática. E nesse patamar teórico deve permanecer por longo tempo, posto que nesse aspecto, é nítido nas organizações de saúde o contraste que caracteriza a existência de iniciativas que privilegiam a introdução de ferramentas as mais diversificadas, voltadas em última análise à melhoria dos processos clínicos e administrativos, e a ausência de outras formas de análise e proposição de valor, concentradas principalmente na criação de novas pontes entre o corpo assistencial e os pacientes e acompanhantes, num nível tal que transforme a percepção de que esse é UM caminho importante a ser seguido para a certeza de que esse é O caminho a ser trilhado, um elemento que extrapola qualquer estratégia de ação: é a proposição principal do serviço que está sendo oferecido.