Artigos|

Impacto das novas regras de coparticipação

A Strategy tem participado ativamente das instâncias de audiência e consulta pública acerca da revisão das regras de mecanismos de regulação desde do início em 2005. A reforma proposta pela ANS, que foi tema do debate no dia 04 de setembro, traz impactos significativos sobre a lógica econômica dos planos de saúde e merece ampliação do debate.


Veja Mais

Odontologia em Transformação

Em contra-pontos anteriores, apontei que mesmo com toda a crise que o país enfrentou e ainda enfrenta, o segmento odontológico cresceu, ganhando a atenção da população e se tornando cada vez mais relevante, embora ainda não atinja uma parte da população, seja por desconhecimento, seja por instabilidade econômica. 
 


Veja Mais

Inovação em Saúde – Transformando a indústria da Saúde como a conhecemos

Aconteceu no dia 08 de agosto de 2018 o Health Innvation Summit 2018, encontro para discutir sobre uma nova perspectiva para a indústria da saúde, incluindo modelos com ideias inovadoras e soluções úteis e sustentáveis para gerar um novo modelo de relacionamento entre clientes e pacientes, incluindo a inteligência artificial.


Veja Mais

Por quê a ANS pretende exigir o TAP das Operadoras?

Na consulta pública nº 67 encerrada a poucos dias, a ANS propõe que as Operadoras apresentem o TAP – Teste de Adequação de Passivo espontaneamente até 2022 e obrigatoriamente após este prazo. Mas o que é e para que serve o TAP?


Veja Mais

Quais os planos da sua Operadora para o futuro?

Muito antes da crise econômica no nosso país, o segmento de Saúde Suplementar já sinalizava o risco de se tornar insustentável em médio a longo prazo, afetando toda a cadeia envolvida neste mercado, tais como: Operadoras, prestadores de serviços médico-hospitalares, fornecedores de materiais e medicamentos, empresas contratante e beneficiários.


Veja Mais

Qualidade Assistencial

Nesta semana aconteceu o Seminário Internacional da Qualidade Assistencial e Segurança do Paciente em Serviços de Saúde, promovido pelo IESS – Instituto de Estudos em Saúde Suplementar. Parabéns a organização do evento, excelente escolha de temas e nível dos expositores, com uma plateia atenta e seleta.


Veja Mais

O risco que corre o setor de saúde suplementar

O Setor de Saúde Suplementar vem sofrendo constantes mudanças que afetam todo o mercado nacional desde o marco regulatório advindo da Lei 9656.
A cada ano surgem resoluções e instruções normativas que alteram toda operação, as quais, em muitos casos, trouxeram ordem, organização, transparência e até justiça. Sem contar com a ampliação da cobertura do rol de procedimento que já é esperada a cada dois anos.


Veja Mais

Mecanismos de Regulação

Apesar de toda a movimentação acerca do assunto, que terminou com a revogação da atual regulamentação, os mecanismos de regulação e custeio da saúde suplementar já existem desde 1998, porém somente agora a ANS decidiu por regulamentar referidos mecanismos, através da RN 433/2018.


Veja Mais

Ninguém entendeu nada - Uma reflexão sobre a decisão de Cármem Lúcia - RN 433

Coube a ilustre presidente do STF adentrar em questão polêmica para o setor de saúde suplementar, não sem provocação, é claro, este papel coube a OAB, que num rompante incumbiu-se do papel de Don Quixote, empunhando como lança a palavra e como escudo os meios de comunicação que tão entendidos são sobre o assunto que chegaram a confundir a decisão proferida com o famigerado reajuste anual dos planos individuais.


Veja Mais

Mecanismos de Regulação – Processo Operacional

A ANS editou em junho as novas regras para os mecanismos de regulação, como resultado de uma discussão iniciada em 2016. A nova Resolução Normativa trouxe critérios mais claros do que a CONSU nº 08/98, estabelecendo limites de 40% para a cobrança das coparticipações, limites de cobranças mensais e anuais, entre outras mudanças.


Veja Mais

Esclarecendo a relação entre Margem de Solvência, Nota Técnica de Inadimplência e RN 430

A Margem de Solvência é uma referência quanto ao valor mínimo de patrimônio líquido a ser mantido pelas Operadoras, ajustado por efeitos econômicos, para operar planos de saúde e garantir a solvência de sua operação, ou seja, honrar os compromissos futuros.


Veja Mais

Audiência pública: Incentivo a melhor desempenho em saúde

No dia 12 de junho de 2018 a Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS realizou uma Audiência Pública no Rio de Janeiro, com o intuito de receber sugestões da sociedade para ajudar a melhorar o desempenho em saúde das operadoras. A ideia foi debater sobre incentivos econômico-financeiros, destacando operadoras que apresentam melhores resultados para os seus beneficiários.


Veja Mais

PCBP – Processo de Certificação em Boas Práticas de Atenção à Saúde, Consulta Pública 66 da ANS, Indicadores de Atenção à Saúde

Este é o quinto artigo que tratamos sobre a CP 66, os artigos anteriores abordaram: • Introdução a CP 66 • Análise dos indicadores propostos • Indicadores de Acesso • Indicadores de Processo


Veja Mais

IDSS 2019 - Revisão da Metodologia ano base 2018

A ANS já está trabalhando na revisão do IDSS para o ano de 2019, haja vista que todo ano propõe novas regras para o Programa de Qualificação de Operadoras. A ANS está implantando indicadores que busquem induzir as Operadoras a adotarem em suas diretrizes ações de promoção e de qualidade assistencial, propondo, dessa forma, uma melhor qualidade assistencial para os beneficiários.


Veja Mais

Reajuste – Causa e Efeito

Em meio a turbulência que se tornou a especulação do percentual de reajuste dos planos individuais, onde uma liminar estabelece o teto de reajuste absolutamente inferior as expectativas do mercado e onde uma Agência Reguladora, que em tese seria órgão responsável e competente para estabelecer tal reajuste, recorre dessa ação para cumprir com suas obrigações, é lançada na mídia uma propaganda


Veja Mais

PCBP – Processo de Certificação em Boas Práticas de Atenção à Saúde, Consulta Pública 66 da ANS, Indicadores de Processo

Este é o quarto artigo que tratamos sobre a CP 66, em nosso último artigo sobre o tema apresentamos nossa posição sobre dois dos seis indicadores propostos pela Consulta Pública 66 da ANS aqueles que chamamos indicadores de acesso, no segundo artigo introduzimos os seis indicadores e no primeiro artigo apresentamos a ideia geral da proposta de normativa, que contém mais de 100 páginas. Neste artigo trataremos dos indicadores que abordam os aspectos de processo.


Veja Mais

Inteligência Artificial na Saúde

É fato que a tecnologia veio para facilitar e otimizar todos os processos no qual é utilizada, e com a área da saúde não é diferente. Ultimamente o que mais se escuta falar em nosso setor é sobre Inteligência Artificial. Tanto é que a USP – Universidade de São Paulo lançou no dia 04/06 um curso online gratuito voltado a esse assunto, que inclusive já foi comentado em coluna Contra-Ponto anterior.


Veja Mais

PCBP – Processo de Certificação em Boas Práticas de Atenção à Saúde, Consulta Pública 66 da ANS, Indicadores de Acesso

Em nosso último artigo sobre o tema apresentamos os seis indicadores propostos na minuta de resolução normativa em consulta pública de número 66 categorizados por objetivo que em nosso entendimento busca medir. Neste artigo trataremos dos indicadores que abordam os aspectos de acesso.


Veja Mais

Autogestão em alta!

No início de 2018 o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão publicou as Resoluções nº 22 e 23 que trouxeram impactos significativos para as Operadoras de planos de saúde que atuam como autogestões ligadas às empresas estatais federias. Apesar destas normas estarem vigentes há mais de 5 meses, as primeiras obrigações a serem cumpridas em termos de prestação de contas serão neste mês de junho.


Veja Mais

PCBP – Processo de Certificação em Boas Práticas de Atenção à Saúde - Análise dos indicadores propostos

Trataremos neste artigo da proposta em consulta pública de número 66, publicada pela ANS no Diário Oficial da União em 29/05. Introduzimos o assunto em nosso último artigo sobre o tema tratando dos princípios norteadores da regulamentação proposta e neste artigo trataremos de analisar com nosso olhar crítico e afiado sobre o modelo dos indicadores para certificação e acompanhamento das boas práticas em atenção à saúde.


Veja Mais

Audiência pública: Requerimentos de governança corporativa na saúde suplementar com foco em controles internos e gestão de risco

No dia 04 de maio de 2018 a Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS realizou uma Audiência Pública no Rio de Janeiro, com o intuito de discutir o novo modelo de solvência, que será exigido para todas as Operadoras a partir de janeiro de 2023, baseado em capital de risco e boas práticas de gestão.


Veja Mais