Exigências e normativas fazem bater um recorde de arrecadação de multas aplicadas pela ANS


Exigências e normativas fazem bater um recorde de arrecadação de multas aplicadas pela ANS

 

Atuar dentro das exigências legais e regulatórias deve fazer parte da cultura das operadoras levando em conta os pilares de uma política de compliace eficiente.

Recentemente a ANS abriu uma consulta pública nº 65, com a proposta de resolução que altera a forma como a fiscalização das operadoras de plano de saúde será realizada.

A referida proposta tem o objetivo de tornar as ações fiscalizatórias mais eficientes para melhoria dos atendimentos aos beneficiários de planos de saúde.

Recentemente a ANS divulgou um estudo sobre as penalidades aplicadas nas Operadoras em 2015, 2016 e 2017. A negativa indevida de cobertura é a penalidade mais aplicada pela Fiscalização da ANS.

O não cumprimento da regulamentação por parte das operadoras levou a um recorde, superando a casa dos R$ 300 milhões de reais aplicadas em multas.

Ademais, é de extrema importância o cumprimento dos prazos estabelecidos pela ANS para o envio das informações periódicas. Abaixo citamos as principais:

  • SIP – Sistema de Informações de Produtos;
     
  • DIOPS – Documento de Informações Periódicas das Operadoras de Planos de Saúde;
     
  • SIB – Sistema de Informação de Beneficiários;
     
  • TISS – Troca de Informações em Saúde Suplementar;
     

Não deixe a dúvida acarretar em penalidades. A Strategy tem um Departamento de Regulação, que pode esclarecer sobre dúvidas da Regulamentação do Setor de Saúde Suplementar. Solicite mais informações pelo email: strategy@stregyconsultoria.com.br

Fonte:  http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/sociedade/4099-ans-propoe-norma-para-tornar-fiscalizacao-mais-eficiente-2


Pablo Viana
Consultor
Strategy Consultoria Atuarial e Regulatória



 


Data do artigo: 30/11/2017